Pages

Escolha outra cor para o Blog

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Dicas para acabar com a caspa


Escrito por  em 22-02-2010 


Alguns cabeleireiros dizem que a caspa é a queixa mais habitual entre os seus clientes. Os dermatologistas concordam que praticamente todas as pessoas têm este problema num determinado grau. Por isso, se está desejoso por chegar acabar com o problema de caspa e de comichão na cabeça, siga estas dicas.

Não ignore a caspa:

Faça o que fizer, não ignore a caspa nem caia num ciclo de coçar-e-comichão. Ignorar o problema só faz com que a caspa se acumule no couro cabeludo. E isso causa comichão que o leva a coçar-se. Coçar com muita força pode provocar ferimentos na cabeça e acabar numa infecção.

Lavar com champô frequentemente:

Os especialistas são unânimes neste ponto: lave com frequência o seu cabelo – todos os dias se necessário. Geralmente, quanto mais vezes lavar o cabelo, mais facilmente controla a caspa.

Comece gradualmente:

Muitas vezes, um champô suave sem receita é suficiente para controlar o problema. A caspa é frequentemente provocada por um couro cabeludo demasiado oleoso. Lavar diariamente com um pouco de champô suave diluído em água destilada em partes iguais ajuda a controlar o óleo sem irritar a cabeça.

Seja mais agressivo posteriormente:

Se os champôs normais não ajudarem, mude para um anti-caspa. Os champôs anti-caspa são classificados pelos seus princípios activos, que funcionam de maneiras diferentes. Os que contêm sulfureto de selénio ou piritionato de zinco actuam mais eficazmente, atrasando a velocidade com que se multiplicam as células do couro cabeludo. Os que contêm ácido salicílico e enxofre libertam as escamas, que podem ser lavadas facilmente. Os que têm agentes anti-bacterianos actuam sobre as bactérias do couro cabeludo e reduzem as hipóteses de infecção. Aqueles que contêm alcatrão atrasam o crescimento das células.

Use alcatrão:

Para casos mais complicados, recomenda-se o uso de alcatrão. Ensaboe com o champô de alcatrão, e, em seguida, deixe actuar durante cinco ou dez minutos. A maioria das pessoas tira o champô depressa de mais. Se costumava evitar champôs de alcatrão por causa do cheiro, existem novas fórmulas mais agradáveis.

Tenha atenção aos produtos que causam irritação:

Se os champôs de alcatrão – ou quaisquer outros preparados contra a caspa – forem demasiado irritantes (para o seu couro cabeludo) para usar diariamente, use-os alternadamente com um champô normal.
Não use champô de alcatrão se tiver cabelos louros

Não misture o preto com o louro:

Se tiver cabelo louro ou prateado, é melhor pensar bem se quer mesmo usar champôs de alcatrão. Por vezes deixam manchas acastanhadas nos cabelos claros.

Aplique duas vezes:

Aplique sempre duas camadas de champô anti-caspa. Ponha a primeira camada assim que entrar para o duche, para ter tempo suficiente para actuar. Deixe-a ficar até estar quase no fim do duche. Nessa altura tire bem o champô, com muita água. De seguida aplique a segunda camada de champô e enxagúe. A segunda lavagem deixa um pouco de produto no seu couro cabeludo de modo a que vá actuando até à próxima dose de champô.

Ponha uma touca:

Uma médica aconselha o seguinte para aumentar a eficácia dos champôs receitados: Depois de ter posto a camada, ponha uma touca por cima do cabelo molhado. Deixe-a estar durante uma hora e em seguida lave normalmente.

Mude de marca:

Se descobriu uma marca de champô que funciona bem consigo, conserve-a. No entanto, repare que a sua pele se pode adaptar aos componentes do champô, por isso seria aconselhável mudar de marca de vez em quando, para manter a eficácia.

Faça uma massagem ao couro cabeludo:

Quando aplicar o champô massageie suavemente o couro cabeludo com a ponta dos dedos, para ajudar a soltar as películas. Mas não o arranhe, isso pode provocar feridas mais graves que a caspa.

Ataque mais fortemente:

Recomenda-se um produto comercializado chamado P&S Liquid, para pessoas com um problema mais difícil. Aplique no couro cabeludo antes de se deitar e ponha uma touca de banho. Lave na manhã seguinte. Apesar de poder usar este preparado todas as noites, o Dr. Joseph F. Fowler Jr., recomenda o tratamento uma vez por semana. É demasiado desajustado para o usa diário.

Invista em tomilho extra:

O tomilho é conhecido por ter propriedades anti-sépticas suaves, que podem ajudar a aliviar a caspa. Prepare uma boa água para lavagem, fervendo quatro colheres de sopa cheias de tomilho seco em duas chávenas de água durante dez minutos. Depois filtre a infusão e deixe arrefecer. Deite metade da mistura no cabelo molhado e lavado, certificando-se de que o líquido cobre o couro cabeludo por completo. Massageie suavemente. Não lave a cabeça logo de seguida. Guarde o resto para outro dia.

Não use cerveja para lavar o cabelo

Não use cerveja:

Se usa cerveja para lavar a cabeça e como loção estilizante, pode ser ela a causa da sua caspa. A cerveja seca-lhe o couro cabeludo, podendo provocar caspa.

Use amaciador:

Embora os champôs anti-caspa sejam eficazes no seu couro cabeludo, podem ser muito agressivos para o seu cabelo. Por isso, aplique um amaciador depois do champô para neutralizar os seus efeitos.

Ataque com óleo:

Apesar de óleo em excesso no couro cabeludo poder causar problemas, um tratamento ocasional de óleo aquecido ajuda a soltar e a amaciar as escamas da caspa. Aqueça umas gramas de azeite até ficar morno. Molhe o cabelo (caso contrário o óleo ensopa-lhe o cabelo em vez de ir para o couro cabeludo) e em seguida aplique o óleo directamente no couro cabeludo com uma escova ou um bocado de algodão. Reparta o cabelo de modo a tratar apenas o couro cabeludo. Ponha uma touca e fique assim durante trinta minutos. Depois tire o óleo com um champô anti-caspa.

Deixe o sol brilhar:

Uma pequena exposição ao sol é bom para a caspa porque a luz ultravioleta directa tem um efeito anti-inflamatório em peles escamosas. E isto talvez explique o facto de os problemas de caspa melhorarem durante o verão.
Mas por favor, não abuse. Não tome banhos de sol; deixe-se estar apenas um pouco ao ar livre. A exposição ao sol nunca deve ir além de trinta minutos por dia. E ponha o seu creme solar na pele exposta. Tem de equilibrar os benefícios que o sol traz ao seu couro cabeludo com os danos que pode provocar na pele em geral.

Acalme-se:

Não minimize o papel que as suas emoções têm no desencadeamento ou agravamento das condições da sua pele, tal como caspa e outras formas de dermatite. Estas condições costumam ser agravadas pelo stress. Por isso, se as suas emoções estiverem demasiado agitadas, procure formas de as controlar. Faça exercício físico. Afaste-se de tudo. E não se preocupe tanto com a caspa!
ALERTA MÉDICO

Será caspa ou dermatite?

A caspa grave é considerada como uma doença, chamada dermatite seborreica (ou seborreia), que exige medicação.
Consulte um médico se tiver:
● O couro cabeludo irritado.
● Descamação abundante, mesmo usando champô anti-caspa.
● Descamação amarelada.
● Manchas avermelhadas, especialmente ao longo do pescoço.

Nenhum comentário: